quarta-feira, 23 de março de 2011

O Dia do Pai na Sala da Fantasia

O Dia do Pai também foi comemorado na Sala da Fantasia.
Na nossa sala a presença dos pais e a alegria dos filhos era contagiante e a nossa sala ganhou ainda mais vida!!
Era visível em todas as crianças e equipa de sala, bem como nos próprios pais, o entusiasmo por estarmos todos juntos. 

A Sandra, a Lúcia e a Fátima agradecem a todos os pais a sua presença neste dia tão especial!

“Não me cabe conceber nenhuma necessidade tão importante durante a infância de uma pessoa que a necessidade de sentir-se protegido por um pai.”
Sigmund Freud


terça-feira, 22 de março de 2011

Dia do Pai na Sala dos Sonhos

O dia do Pai
É um dia iluminado
pela ternura de quem ama
em cada filho o futuro
como se fosse uma chama
que nada pode apagar,
seja o vento, seja a chuva,
seja a tormenta do mar.
É um dia carinhoso
como uma história para contar
que só acaba à noite
quando nos vamos deitar,
ao colo do nosso pai
com uma canção de embalar.
 
José Jorge Letria

Na nossa creche antecipámos a comemoração do Dia do Pai e convidámos os pais a participarem no atelier Reciclar a Brincar.

Os pais que vieram à Sala dos Sonhos fizeram em conjunto com os filhos uma pintura em cartão que muito agradou a ambos. Foi uma tarde repleta de momentos de diversão e cumplicidade entre pais, filhos e equipa de sala.





A participação das famílias neste tipo de actividades e na vida da creche em geral “enriquece o trabalho educativo que é desenvolvido (a presença de outras pessoas adultas permite organizar actividades mais ricas e desenvolver uma atenção mais personalizada com as crianças), enriquece os próprios pais e mães ( vão sendo conhecidos aspectos do desenvolvimento infantil, descobrindo características formativas em materiais e experiências (…) e enriquece a própria acção educativa.” Zabalza, 1998


Aqui estão as obras de arte...



No final da tarde os pais levaram para casa a prendinha do Dia do Pai.

 

domingo, 20 de março de 2011

Dia do Pai na Sala da Magia

"Ser pai é ser alguém,
Dar à vida continuidade,
Ser pai, tal como ser mãe,
É encontrar a felicidade!

Ser pai é ser aluno, contar, ler...
Ser professor, corrigir, explicar...
É ensinar sempre a aprender!
É aprender sempre a ensinar!

Ser pai é ser um ídolo, o maior,
Um super herói invencível!
O porto de abrigo acolhedor,
P'ra tempestade mais terrível!

Ser pai é aconselhar, chamar à razão
E ouvir respostas pouco formais,
É constatar como essa rebelião,
Aconteceu entre nós e nossos pais!

Ser pai é ser um espelho!
Um exemplo para admirar!
Ser pai não é ser velho,
É rejuvenescer e renovar.

Ser pai é semear uma flor,
Vê-la germinar e florir enfim,
Tratá-la com carinho e amor,
Ela é orgulho do nosso jardim!

Ser pai é pois na realidade,
Ser assim, um palerma babado!
Ser avô é pior, é verdade,
Mas ser pai é meio caminho andado"

Antecipando o Dia do Pai, transformámos a nossa sala num atelier de reciclagem 
e convidámos os papás a virem trabalhar connosco! Colocámos à sua disposição diversos materiais de desperdício para a elaboração de um quadro.

As mães também estiveram presentes e deram uma maozinha!

No final, entregámos uma medalha de participação no nosso atelier Brincar a Reciclar!

Eis o resultado final: 
                                                    













Aqui fica o presente que oferecemos aos nossos papás... 

Pintura com carrinhos

Estes foram os materiais que utilizámos para a realização de uma pintura diferente, 
que aproveitámos para a elaboração do presente para o pai.

      

Aniversário na Sala da Magia

Parabéns ao D. que, na semana passada, completou dois aninhos!

quarta-feira, 16 de março de 2011

"Brincadeiras ao Espelho" na Sala dos Sonhos

Na Sala dos Sonhos gostamos muito de nos vermos ao espelho e, para além de contarmos com um espelho de parede, por vezes temos um espelho no chão da sala que nos proporciona momentos divertidos: espreitamos, fazemos “cú-cú”, tocamos e até damos beijinhos na nossa imagem. 



Olhar para o espelho é divertido, mas também é uma actividade altamente intelectual. A princípio [o bebé] vê o espelho como uma ligação à cara humana. Depois fica curioso acerca de quem está por detrás do espelho. Mais tarde há o despertar da consciência do eu (…).” (Stoppard, 2005: 107).






 

Nova Conquista!! Sala dos Sonhos


Grande conquista que muito alegra equipa de sala e família: o R. da sala dos sonhos já anda sozinho e agora ninguém o pára!! ;)



domingo, 13 de março de 2011

"Aromas e Sabores" na Sala da Fantasia

Despertar a curiosidade da criança é a melhor forma de despertá-la para o conhecimento. Instigar a curiosidade da criança é promover momentos de descoberta.

Com esta actividade  pretendemos confrontar as crianças com objectos/frutos/etc pouco usuais.

"Aromas e Sabores" - O Côco

Primeiro explorámos o côco livremente. Mexemos, remexemos, atirámos, pensámos que era um bicho, gritámos que picava!! E rimos e sorrimos.


Depois, abrimos o Côco, bebemos a água e comemo-lo. A maioria das crianças não gostou da água e apenas cerca de metade o comeram. No entanto foi uma actividade enriquecedora para todos.
Estimulámos a curiosidade, o tacto, apredendemos o que era um côco e acima de tudo
divertimo-nos.

A descoberta dos números - Sala da Fantasia


Observando o grupo, denotámos que algumas crianças interessavam-se e mostravam-se bastante curiosas pelos números que iam encontrando nas revistas que utilizamos para alguns trabalhos. Sendo assim, e como não temos muito espaço na nossa sala, utilizámos os nossos cacifos como suporte para  números com íman.


Este tipo de actividade é sempre assistida por um adulto, que serve de suporte mas também vai colocando algumas questões : "Que cor é esta? Quantos números estão aqui? Que número é este?".

Ao longo do ano, a equipa da Sala da Fantasia, de forma a proporcionar diferentes desafios ao grupo, vai dinamizando diversas actividades, sempre na Zona de Desenvolvimento Próximo (ZDP) das crianças.
A ZDP consiste na distância entre o nível de desenvolvimento real e o nível de desenvolvimento potencial. Segundo Vigotsky, a zona de desenvolvimento proximo hoje será o nível de desenvolvimento real amanhã.

quarta-feira, 9 de março de 2011

8 de Março: Dia da Mulher _ Sala dos Sonhos

“Uma mulher tem forças que espantam os homens. É capaz de suportar problemas e pesados fardos. Detem felicidade, amor e opiniões. Sorri quando lhe apetece gritar, canta quando lhe apetece chorar, chora quando está feliz e ri quando tem medo. O seu amor é incondicional. Comete apenas um erro: por vezes esquece o quanto vale.”

Na nossa sala, de forma a assinalar o Dia da Mulher, cada um de nós pintou três flores para oferecer à mulher mais importante das nossas vidas: a nossa mãe!


                           As flores foram feitas com caixas de ovos, palhinhas e papel crepe.

Carnaval na Sala dos Sonhos

Neste Carnaval na nossa sala usámos máscaras de animais, que foram pintadas com a nossa colaboração, mas só por alguns instantes pois não gostamos de tê-las na cara muito tempo.

.                                                 

         O D. foi um lindo gatinho!
 

                                                               

                                                       O M. foi um tigre feroz!





 

domingo, 6 de março de 2011

Os "Mágicos"


As crianças da sala da Magia também ajudaram na elaboração do disfarce de Carnaval.
Deram cor a uma tira de cartolina preta e os materiais utilizados foram giz e leite. Ainda não tínhamos utilizado tais materiais e por isso suscitou bastante entusiasmo, principalmente quando era preciso molhar o giz no leite.


E será que a magia poderia existir sem mágicos? Podia, mas não era a mesma coisa?!?!



Eis os nossos mágico...
Cá está o nosso disfarce que levámos para casa no dia 7 de Março. 

Depois de nos vestirmos, fomos fazer "magias" para o pátio!

O Carnaval já chegou à sala da Magia...


Durante algumas semanas fizemos uma actividade que nos chamou especialmente à atenção, porque foi realizada com um objecto que gostamos muito: um balão. Cada duas crianças, forraram um balão com tiras de jornal e cola branca. (claro que sempre com o adulto a auxiliar).
E deste balão surgiu uma...

... MÁSCARA! Mas achámos que estava sem cor e decidimos pedir ajuda às nossas famílias.E assim foi, todos colaboraram e surgiram estas lindas máscaras! Temos papás muito criativos.

"Qualquer que seja o encorajamento que os educadores dão aos pais para participarem no centro, as relações resultantes destas experiências partilhadas fortalecem o laço tripartido estabelecido entre a criança, os pais e o educador" (Post e Hohmann, 2003:356)



OBRIGADA A TODOS POR NOS TEREM AJUDADO A 
ENFEITAR A ENTRADA DA NOSSA SALA!

Experiência: Quente & Frio

Segundo Post e Hohmann (2003), é através da coordenação do paladar, tacto, olfacto, visão, audição, sentimentos e acções que as crianças até aos três anos de idade são capazes de construir conhecimento, pois, recolhem informação sobre o mundo que as rodeia através dos sentidos e aprendem através da acção física.
Neste sentido, é necessário que o adulto lhes coloque à disposição materiais que lhes suscite a curiosidade e o desejo de tocar e nada melhor do que materiais naturais.

Assim, realizámos uma experiência para termos contacto com diferentes temperaturas e conseguirmos distinguir o quente do frio.



1º. Foi distribuído a cada criança uma tigela com duas pedras de gelo;


2º. Seguidamente, foi distribuído uma tigela com água ambiente;


3º. Por fim, cada criança teve contacto com água mais quente.

As reacções foram diversas: houve crianças que manifestaram-se através de gestos (I. e D.), de expressões (C., V. e A.C.) enquanto que outras proferiram algumas palavras: "fio" (B.), "ai tente" (G.) e "bo" (D., referindo-se ao formato do gelo)

quinta-feira, 3 de março de 2011

Jogo das Cores e a Sala da Fantasia

Os meninos da Sala da Fantasia estão cada vez mais curiosos e ávidos de conhecimento.
Andamos neste momento a trabalhar o tema das cores mas de uma forma lúdica, ou seja, através de jogos. Primeiro as crianças brincaram com as bolas à-vontade e depois fizemos o jogo do Rei Manda.


O Rei manda apanhar uma bola amarela...



O Rei manda apanhar uma bola rosa...


O Rei manda apanhar uma bola vermelha...

 Este tipo de jogo/actividade de uma forma lúdica reúne um conjunto de desafios significativos à aquisição de novas competências implicando as crianças de forma activa.

Sessão de Culinária na Sala da Fantasia: gelatina com fruta

Voltámos a meter a mão na massa!
Desta vez fizemos gelatina de pêssego e juntámos a mesma fruta lá dentro!
Tal como nas outras sessões de culinária todas as crianças mostram-se muito atentas e participativas.










Segundo Post e Hohman a equipa da sala deve “...apoiar o tempo de grupo desenvolvendo esse mesmo tempo em torno de novos materiais e acções. Essas propostas deverão constituir novidade...” (Post & Hohmann, 2007) conduzindo para uma exploração activa, impulsionada pelo adulto mas aceite significativamente pelas crianças.